Skip to main content
atualizar boleto bancário

Como atualizar boleto bancário?

Anualmente, são gerados 4 bilhões de boletos bancários no Brasil, número equivalente à capacidade operacional das maiores processadoras de cartões de crédito no mundo. Por conta desse montante elevado que as novas regras de cobrança e pagamento de boletos — que deveriam estar em vigência já em 2017 — foram adiadas para 2018, segundo a Federação Brasileira de Bancos.

Isso quer dizer que boletos vencidos continuam sofrendo restrições para o recebimento até o próximo ano. Enquanto a mudança não vem, saber como atualizar boleto bancário pode facilitar as transações feitas pelo pagador. É justamente sobre isso que falaremos no post de hoje: confira!

Por que atualizar boleto bancário?

A atual prática adotada pelas instituições bancárias define que boletos vencidos só podem ser recebidos pelo banco responsável pela emissão do documento. Só isso já gera desconforto para o pagador, pois o atraso impede não só que se possa recorrer a qualquer correspondente, mas também que a quitação seja feita em caixas eletrônicos ou pelo internet banking.

Fora isso, há a cobrança de multas e juros. Ou seja, é necessário recorrer ao banco específico para ser atendido no caixa, onde será feita a atualização monetária e processado o pagamento. Dá arrepios só de pensar no transtorno, não é mesmo?

Para os bancos, essa situação não é menos problemática. A preferência das instituições é que o pagamento seja processado pelos correspondentes bancários e outros canais, como caixas eletrônicos, aplicativos mobile e internet banking.

Qual é a diferença entre atualização e segunda via?

A possibilidade de atualizar boleto bancário só contempla os casos de atraso no pagamento. Incorreções no boleto, por exemplo, não podem ser resolvidas com a atualização. Nesse caso, é necessário procurar o emissor para solucionar o problema.

É importante, ainda, diferenciar a atualização do boleto da emissão da 2ª via. No primeiro caso, há o ajuste das informações, como data do vencimento e valor, que tornam o pagamento possível após o vencimento do prazo inicial.

Já a emissão da 2ª via destina-se não a quem se encontra com pagamento atrasado, mas sim está sem o documento para quitá-lo. Assim, a 2ª via contém os mesmos dados do documento original, de modo que o vencimento e os valores permanecem inalterados.

Como fazer a atualização?

É importante saber, antecipadamente, que a atualização só é permitida para boletos registrados, que requer maior detalhamento de informações, obrigando o emitente a repassar todos os dados relativos à cobrança, como valor, data de vencimento, código de barras, CPF do sacado, entre outros.

A atualização do boleto bancário é um recurso disponibilizado pelas principais instituições bancárias — cada uma tem seu próprio sistema de atualização. Porém, o comum é que o procedimento seja feito pela internet, no site do próprio banco.

Em geral, basta que o pagador informe os dados do boleto: código de barras, CNPJ/CPF do cedente (emissor), CNPJ/CPF do sacado (pagador) e outras informações já registradas no documento em atraso. O novo boleto gerado já vem com valores atualizados, considerando multas e juros a serem cobrados.

Os bancos frisam a importância de que sejam observadas todas as informações constantes no boleto atualizado e recomendam que, em caso de divergência, o responsável pelo pagamento procure o emissor ou a instituição bancária.

O que vai mudar?

Em outubro, a Febraban informou que a nova plataforma de cobrança só estará em pleno funcionamento a partir de 2018, mas o calendário de implantação das regras ainda não foi divulgado.

No entanto, algumas situações já foram contempladas pelas mudanças: a nova plataforma de cobrança foi lançada em julho deste ano, permitindo o processamento apenas de boletos com valores superiores a R$ 50 mil. Em setembro, as regras alcançaram pagamentos a partir de R$ 2 mil.

E você, já precisou atualizar boleto bancário? Deixe um comentário sobre a sua experiência!

Otto Assistente

O Otto é um assistente financeiro virtual feito para descomplicar as suas finanças através de uma interação inteligente, fácil e prática.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *