Skip to main content
como usar o cartão de crédito

Como usar o cartão de crédito de forma consciente?

Os cartões de crédito são grandes amigos das famílias brasileiras. Pela sua facilidade de uso, flexibilidade de pagamento e praticidade, eles caíram no gosto de muita gente. No entanto, quem não sabe como usar o cartão de crédito de forma planejada pode acabar se complicando.

Problemas com os juros altos e dívidas que se transformam em uma bola de neve não são incomuns entre os adeptos do cartão de crédito. No entanto, com organização e controle, é possível fazer uso dele sem grandes preocupações.

Quer saber como? Então confira nossas dicas e aprenda como usar o cartão de crédito de forma consciente!

Não gaste mais do que pode pagar

Tudo bem, essa dica é quase óbvia e você provavelmente já ouviu por aí. No entanto, muita gente ainda acaba escorregando nesse quesito. Por ser muito fácil de usar, o cartão acaba dando aquela sensação de que não estamos gastando dinheiro, o que não é verdade.

Para não ter problemas nesse sentido, use o cartão de maneira consciente: consuma apenas aquilo que você vai ter condições de pagar no mês seguinte. Se optar por compras parceladas, inclua as parcelas a vencer na lista de despesas do orçamento doméstico.

Tenha poucos cartões

Quanto mais cartões você tiver, provavelmente mais dinheiro vai gastar. Se você possuir um limite de crédito muito superior à sua renda, pode acabar se endividando e sofrendo a consequência da inadimplência: o famoso nome sujo.

Por isso, reduza o número de cartões para evitar fazer compras pelas quais você não será capaz de pagar.

Além disso, evite os cartões de estabelecimentos que só podem ser pagos dentro da própria loja. A cada visita para pagamento, é bem provável que você faça uma nova compra, que nem sempre é necessária.

Negocie a anuidade e aproveite os benefícios

Muitos cartões ainda têm o hábito de cobrar anuidade, mas, sempre que puder, opte por aqueles que não fazem essa cobrança. Se isso não for possível, ligue para a administradora do cartão e negocie o valor da anuidade. Muitas empresas costumam reduzir o valor a pedido do cliente.

Além disso, informe-se sobre os programas de fidelidade e outros benefícios que o seu cartão oferece. Muitas vezes, é possível ganhar brindes, prêmios, passagens e descontos apenas por estar utilizando-o.

Evite pagar somente o valor mínimo da fatura

Você deve ter ouvido falar sobre as mudanças que ocorreram com o fim do crédito rotativo do cartão. A promessa é de que, com as novas regras, os juros caiam, assim como a inadimplência. No entanto, pagar sempre o valor mínimo continua não sendo uma boa ideia.

O valor que você deixa de pagar quando não quita o total da fatura funciona como uma espécie de empréstimo. No mês seguinte, ele será cobrado acrescido de juros. Mesmo que os juros caiam, ainda são juros, não é mesmo? Portanto, se planeje para pagar sempre o total da fatura.

Anote e controle as despesas

Por fim, essa dica vale não apenas para o uso do cartão de crédito, mas também para as suas finanças em geral. Manter um controle de tudo que você gasta ainda é a melhor maneira de evitar endividamento e deixar as finanças em dia.

Portanto, procure soluções para organizar as suas contas, controlar as despesas e anotar tudo que está sendo consumido. Assim, você pode fazer a sua gestão financeira, se planejar e ficar livre das dívidas.

E aí, gostou de saber como usar o cartão de crédito sem exageros? Quer aprender mais sobre planejamento e organização financeira? Então assine a nossa newsletter e receba as melhores dicas!

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos





Compartilhe sua opinião com a gente

opiniões