Skip to main content
simulador de investimentos

Entenda como usar um simulador de investimentos online

O medo de perder dinheiro é um dos principais fatores que levam as pessoas a desistirem da ideia de investir seus recursos no mercado de capitais. Assim, especialistas na área criaram o simulador de investimentos para afastar esse receio.

Com a ajuda desta ferramenta, o investidor é capaz de simular uma situação de aplicação em algum investimento de seu interesse. Desse modo, poderá ver detalhadamente uma série de fatores que guiarão sua tomada de decisão!

Ficou interessado? Então, confira neste artigo como utilizar a ferramenta e otimizar seu planejamento para investir!

O que é um simulador de investimentos?

O simulador de investimentos é um serviço, geralmente online, que possibilita ao usuário fazer uma representação fictícia de uma aplicação em tempo real. Dessa forma, ajuda os investidores iniciantes a analisar os tipos de produtos mais adequados ao seu perfil.

Podemos classificá-lo como um tipo de consultoria, útil para reproduzir o cenário do mercado de capitais e guiar na tomada de decisão. O simulador se utiliza de taxas, prazos e rentabilidade calculados em relação ao valor que o investidor dispõe.

Como é aplicado o simulador de investimentos?

Essa ferramenta funciona em uma plataforma online, algumas disponíveis nos sites de instituições financeiras. Geralmente, é necessário um cadastro, que solicitará uma série de informações, a fim de descobrir seu perfil de investidor.

Existem vários serviços disponíveis no mercado, normalmente, voltados para cada tipo específico de investimento. Confira alguns:

  • simulador do Banco do Brasil: possui opções para aplicações futuras de variados tipos, geralmente voltado para pessoas físicas;
  • simulador XP investimentos: capacidade de visualizar vários tipos de cenários com investimentos para atingir metas financeiras;
  • simulador Atom Educacional: cria simulação e acompanhamento de dados de forma prática e interativa, voltado para o mercado de ações.

Além dos exemplos acima, é possível encontrar simuladores de renda fixa, poupança, tesouro direto, juros compostos e muitos outros.

Como operar o simulador de investimentos?

A operação feita nos simuladores, geralmente, é simples e apresenta várias ferramentas de análise para o usuário. A maioria dos sites pede que seja feito, inicialmente, um cadastro contendo informações básicas de seu perfil.

Para começar, o investidor deve criar parâmetros de pesquisa para simular seus valores, metas e tipo de produto. Para auxiliá-lo nesse tipo de planejamento, é recomendável a ajuda de um profissional ou assistente financeiro especialista, para otimizar seu desempenho.

As diretrizes do planejamento devem obedecer alguns pontos específicos, como definir um valor a ser aplicado, o prazo do investimento, o risco que está disposto a correr e a variedade da carteira de investimento. Com essas informações o simulador lançará os dados.

Quais são os benefícios para o dia a dia?

Todo investidor sabe que qualquer aplicação financeira está atrelada a uma série de riscos envolvendo o mercado de investimento. Logo, um planejamento financeiro bem estruturado é indispensável para mitigar esses riscos.

Com a ajuda do simulador, o usuário é capaz de prever resultados e fazer projeções de estratégias para melhor alcançar suas metas.

O mundo dos investimentos é um ótimo lugar para alcançar sustentabilidade financeira, realizar sonhos e alavancar projetos. Contudo, para evitar maiores riscos e afastar o medo de negociar, o uso de um simulador de investimentos é indispensável!

Gostou do conteúdo? Então, aprenda ainda mais sobre aplicações e os principais tipos de investimentos para você!

Assine nossa Newsletter e receba nossos artigos





Compartilhe sua opinião com a gente

opiniões