educação financeira infantil

A educação financeira infantil é essencial para criar gerações de adultos mais conscientes e também para permitir que sua família tenha uma vida financeira plena e organizada no presente.

E como anda esse aspecto na sua casa? Neste post você vai entender a importância da educação financeira infantil e vai ver algumas dicas para tornar este processo fácil, prático e divertido para todos.

A influência da educação financeira infantil

Trata-se de um processo parecido ao de alfabetização e contém conceitos básicos que vão mostrar à criança o mundo das finanças.

No futuro, já crescidas, elas serão capazes de gerir de forma mais fácil e natural os próprios recursos, sem dificuldades ou mistérios.

Iniciando a educação financeira infantil

A educação financeira infantil pode ser iniciada assim que a criança manifeste os primeiros desejos próprios pela aquisição de brinquedos, por exemplo. É preciso ensinar aos pequenos que estes bens são adquiridos e não apenas surgem do nada em suas vidas.

Este é o momento de mostrar que os bens e serviços são trocados por dinheiro e que ele é trocado por trabalho. Quando eles crescerem, é possível utilizar jogos lúdicos e brincadeiras que estimulem a reflexão e o entendimento sobre moedas, pagamentos e outros conceitos financeiros.

Introduza a mesada

Você dá mesada aos seus filhos? Nem todos os pais são a favor disso, mas acredite: é um ótimo primeiro passo para introduzir a educação financeira infantil no seu lar.

As regras de funcionamento deve ser muito claras: será um valor mensal ou semanal? Quanto você está disposto a pagar? Quais despesas passam a ser responsabilidade da criança?

É também preciso definir se haverá penalidades ou bônus baseados em comportamento ou ainda alguma forma pré-definida.

Outra forma inteligente para estimular as crianças é definir objetivos e fazer com que eles ajudem a alcançar estas metas com a mesada. Eles precisam entender a importância do planejamento e da economia no orçamento.

Ensine a controlar

Outra possibilidade, que fica cada dia mais fácil, é o controle das finanças. Ensine os seus filhos a controlar os gastos. Com o uso de planilhas ou aplicativos mostre para as crianças como anotar e entender o que ela está consumindo todos os mesmos.

Com base nestas anotações, reflitam juntos sobre o consumo. Será que eles estão gastando de forma consciente? Estão pesquisando antes de comprar, planejando ou apenas comprando por impulso?

Dê o exemplo e integre as crianças

Outra forma de educar as crianças é dando o exemplo. Evite mostrar as facilidades que o cartão de crédito possui, comprando de forma exagerada tudo o que seu filho exigir. Mostre a importância de se fazer pesquisa de mercado e das compras à vista com desconto.

Crie e incentive seus filhos a criarem reservas para eventuais imprevistos mostrando, uma vez mais, a importância do planejamento dentro de uma vida financeira saudável. Crie metas para viagens: aquela viagem dos sonhos para praia pode ser uma meta de toda a família!

Você acabou de entender a importância da educação financeira infantil e como ela pode fazer a diferença para que seus filhos tenham uma vida feliz e segura. Lembre-se de dar o exemplo, engajar os seus filhos e mostrar como poupar e realizar sonhos pode fazer a diferença para a família!

E aí, que tal ajudar outros papais e compartilhar nosso conteúdo nas redes sociais?

Últimas postagens

Seis coisas com as quais vale a pena gastar

Leia o artigo
Educação financeira

Conheça a importância da educação financeira para jovens

Leia o artigo
o que é cdc

O que é CDC e quais as vantagens e desvantagens

Leia o artigo
assistente financeiro virtual

Assistente financeiro virtual: Como essa tecnologia pode me ajudar?

Leia o artigo
apps para economizar

Os 4 melhores apps para economizar e não passar mais aperto

Leia o artigo
como economizar para uma viagem

Separamos 12 dicas para te ajudar a economizar para uma viagem​

Leia o artigo